O valor da história

06 de dezembro, 2016 - por Max Franco

Há uma pergunta que sempre escuto nas minhas palestras e consultorias :
– Como fazer para agregar valor ao meu produto ou serviço fugindo da vala comum que só discute prazos e preços?
Além de possuir um serviço e produto diferenciado, você precisa contar uma boa história. Histórias tem o poder de mover o mundo. O que fez a atual mulher mais rica da Grã Bretanha? Contou a história de um bruxinho inseguro que estudava numa escola de feitiçaria. Quem é ela? J.K. Rowling.
Não posso afirmar categoricamente, sob o risco de cometer exageros, mas posso dizer que muito do que define o valor de algo é a história que se conta sobre ele.
Nessa viagem para Portugal que acabei de realizar, ouvi mais uma história bem contada que acaba determinando o valor do produto à qual está associada.
Há essa vinícola simpática que está incrustada no Alto Alentejo. Ela se chama Cartuxa e produz vários tipos de vinhos. Alguns com mais e outros com menos qualidade. O seu produto de excelência, chamado inclusive de “vinho de excepção” é o Pera-manca. O Pera-manca é um daqueles vinhos que está para os demais vinhos o que Cristiano Ronaldo está para os demais jogadores de futebol portugueses. É um vinho clássico do Alentejo que não é produzido anualmente. Na verdade, só é feito quando a safra das uvas da região com as quais o seu blend é composto alcança um nível de qualidade excepcional.  É um vinho, portanto, fora do comum porque nem sempre é produzido.
A vinícola, nesta hora, gera um valor indispensável ao seu produto, a raridade.
Decerto, não só o processo de produção deste vinho o transforma no mito no qual se transformou, mas, também, a história que se conta sobre ele. Quando alguém paga um preço altíssimo para adquirir um Pera-manca, ele não está só comprando o seu precioso e raro líquido, mas, claramente, também, o Storytelling relacionado à marca.

É exatamente o mesmo que qualquer empresário deve fazer: executar com maestria o seu serviço e entregar com processos inquestionáveis o seu produto, porém, deve, ao lado desta produção, embalar o resultado dos seus esforços numa aura mítica.
Lembrem-se: não somos seres pensantes que temos emoção, mas seres emocionais que pensamos. Nós adoramos as boas histórias. Portanto, você tem o poder de seduzir o seu cliente com uma narrativa fantástica.

-Faça-o porque outros já o estão fazendo, e muito bem.

Viagens de incentivo são aquelas patrocinadas por empresas que desejam premiar colaboradores e/ou parceiros ao término de um ciclo. São prêmios concedidos como recompensa por metas batidas ou por sucesso em campanhas.
A Griffe de viagens, agência de turismo de campinas, é especialista em montar essa modalidade de viagens, com vasta experiência em território nacional, Estados Unidos, Europa e até em outras latitudes do planeta.