Inova experience no Porvir

09 de julho, 2016 - por Max Franco

Matéria sobre o Inova Experience no blog Porvir.

INOVA EXPERIENCE NO PORVIR

Formação aposta na vivência do território e leva alunos para Itália

Para formar líderes e gestores com experiência cultural, curso promove experiências em sete cidades da Itália para ensinar história

por Maria Victória Oliveira 5 de julho de 2016

Todo mundo sabe que é muito diferente ler sobre história e visitar os lugares onde a ela de fato aconteceu. Para isso, os chamados “estudos do meio” têm a proposta de levar os alunos a campo, sair um pouco da sala de aula e estimular a vivência fora das quatro paredes. Você já imaginou estudar sobre Roma Antiga e visitar locais como o Pompeia e o Coliseu, na Itália? É essa a proposta do Inova Experience 2017.

A capacitação internacional é oferecida pela Inova Business School, uma escola de negócios de Campinas. Com o objetivo estimular uma análise crítica do mundo atual, despertar o senso estético, demonstrar o papel do design e promover o desenvolvimento de liderança multicultural e gestão de pessoas, além enriquecer –e muito– o repertório cultural, ela vai levar 30 pessoas para passar oito dias na Itália.

“O maior objetivo da Inova Experience é dar uma formação dialogando com os lugares. A sala de aula, mesmo com todos os recursos audiovisuais que tem hoje, é limitada, fechada e não permite muito a interação”, defende Max Franco, professor da Inova Business School e idealizador do projeto. Segundo ele, é importante ter uma aprendizagem com respiro internacional e interatividade, onde os participantes podem captar o que os lugares têm a dizer.

Roteiro
Durante a jornada pelo país, os participantes terão a oportunidade de conhecer mais sobre arte, cultura, design e gastronomia. O roteiro é dividido entre as cidades de Roma, Pompéia, San Casciano, San Gimignano, Florença, Maranello e Milão. Entre as atividades, que acontecem em maio do ano que vem, os alunos terão tempo livre para passeios e programas pessoais. “A Itália é um verdadeiro museu a céu aberto. É um lugar com uma importância histórica, artística, religiosa”, defende Franco.

No começo da viagem, os alunos receberão um Diário de bordo, em que devem registrar suas impressões pessoais sobre os passeios. Ao final de cada dia, o grupo se reúne para realizar o Fórum, momento para todos compartilharem suas anotações.

No primeiro dia, cada um pode escolher como deseja aproveitar Roma. No dia seguinte, todos seguem para Pompeia, uma das cidades destruídas pelo vulcão Vesúvio. No próximo, os participantes conhecerão o Coliseu, em Roma e, a partir de um pouco de história, irão entender fatos marcantes do Império Romano. Franco defende que, para o aprendizado ser efetivo, é preciso ter emoção. “Eu sou muito a favor da provocação da experiência, muito mais do que uma atitude passiva de você receber um conteúdo”, afirma.

Dando sequência ao percurso, no quinto dia da formação, os participantes irão conhecer a região vinícola do país, a Toscana. O dia seguinte é a vez de visitar San Gimignano, cidade declarada patrimônio cultural pela Unesco. Depois, em Florença, os participantes irão explorar praças, palácios e a Galeria Degli Uffizzi, onde estão obras de Michelangelo, Da Vinci, Rafael e Botticelli. O oitavo dia vai agradar os amantes de carros. Os participantes irão visitar o museu Ferrari para entender porque a marca é admirada no mundo todo. Já o último dia é livre, permitindo que os participantes aproveitem Milão até a hora do embarque para São Paulo.

Segundo Franco, a formação pretende promover uma transformação do aluno. “O aluno vai trazer lições e aprendizados funcionais para aplicar na sua vida de gestor, de líder, de empresário, de gerente. Viajar é uma das melhores formas de aprender. Todo mundo que viaja volta diferente, meio que promovido pela experiência que teve, ou por enxergar o mundo por uma ótica diferente”.

Inscrições
Gestores, líderes ou estudantes em formação que desejam alcançar a liderança podem participar da formação. Os interessados devem realizar as inscrições nesse link até o dia 30 de julho. O investimento por pessoa é de US$ 3.1000,00. No momento da inscrição, o participante deve anexar um comprovante de transferência de R$ 1.000. Caso o curso não complete o número mínimo de inscrições (22 pessoas), o valor será devolvido integralmente.

Nesse preço, está incluso: a passagem aérea, translados, guias que acompanharão o grupo em todo o trajeto, ingressos dos passeios, refeições (sete cafés da manhã, dois almoços e três jantares), um diário de bordo e uma camiseta, aulas de preparação, seguro saúde, e hotéis (quartos duplos).

Mais informações sobre o roteiro, o investimento e a forma de pagamento podem ser consultadas nessa apresentação.