Ildefonso Falcones

09 de abril, 2016 - por Max Franco

Mais um escritor catalão de fina estampa, Ildefonso consegue ser sucesso de público e de crítica.

O Premiado romancista, como Carlos Ruiz Zafón e Albert Sanchez Pinol ( autor de Victus, a queda de Barcelona, de quem ainda irei falar por aqui), ambienta todas suas obras na Espanha, e boa parte na região da Catalunha. De fato, uma partezinha do mundo que – parece – é uma mina inexaurível de boa histórias.

Sugiro três livros seus. Não saberia dizer qual é o melhor, mas se é para começar com algum, começaria com a Catedral do mar, que vai ter como pano de fundo a construção dessa igreja muito querida de Barcelona. Uma igreja construída, pedra por pedra, pelos pobres. Os demais, A mão de Fátima ( que trata dos embates religiosos entre cristãos e muçulmanos na Espanha) e a Rainha descalça (dança flamenca e ciganos).

Todos as suas obras têm como marca uma fundamentação histórica apurada e grande fluidez no texto. Em outras palavras, são livros prazerosos com boas abordagens históricas.

Reserve um tempo para leitura e eu o faria diariamente. Falcones fará por merecer o seu precioso tempo.