Definição de palavras

07 de agosto, 2019 - por Max Franco

Palavra é coisa esquisita. É igual a gente. Você pensa que conhece, mas tem hora que surpreende.

Palavra é bicho solto sem arreio.

Toda palavra é meio selvagem. Você pensa que domina, mas tem dia de vontade própria.

Bonito pode ser feio se você foi irônico.

Morto de fome, se for exagerado.

Partiu dessa para melhor, se quis pegar leve.

Pode rimar beleza com natureza se quiser ser clichê.

Egoísta – por exemplo – é aquele que só pensa em si, e não em mim.

Teimoso, aquele que só quer fazer a própria vontade, e não a minha.

Ególatra é o sujeito centrado nele mesmo, e não em mim.

submisso é quem faz as vontades de outro e não as minhas.

Sensível (ou também empático) é aquele que se preocupa comigo.

Inseguro também é aquele que não concorda comigo.

Equivocado é quem pensa diferente de mim.

Correto e inteligente: eu, sempre.

Leviana: ela.

Empoderada: eu.

É assim com as palavras, são elásticas. Mil definições podem caber em cada uma, pois cada cabeça é mais do que sentença. Cabeça é repleta de palavras. Das próprias palavras e definições.

E eu faço com as minhas palavras o que bem quero.

Por sinal, isso não é egolatria. É ter personalidade.